Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Gilbués sediará Audiência Pública da LT 500kv Gilbués II - Ourolândia II

Gilbués sediará Audiência Pública da LT 500kv Gilbués II - Ourolândia II

por gil — publicado 28/03/2016 11h20, última modificação 05/10/2016 00h43
Mais uma vez a Câmara Municipal de Gilbués, sediará uma Audiência Pública de apresentação de EIA/RIMA de Linha de Transmissão
Gilbués sediará Audiência Pública da LT 500kv Gilbués II - Ourolândia II

Potencial eólico da Região Nordeste

Confirmado para o próximo dia 02/05/2016, a Audiência Pública para apresentação do Estudo de Impacto Ambiental - EIA e Relatório de Impacto Ambiental - RIMA, da LT 500Kv GIlbués II - Ourolândia II, na cidade de Gilbués, Estado do Piauí, que será realizada no Plenário Juracy Carvalho, na Câmara Municipal de Gilbués. O evento será presidido pelo IBAMA. A LT terá extensão aproximada de 745km, partindo de Gilbués, passando por Monte Alegre do Piauí, Riacho Frio, Parnaguá e Júlio Borges, a construtora responsável será a JMM Eletricidade, com o objetivo de integrar as usinas eólicas instaladas no Nordeste Brasileiro ao Sistema Integrado Nacional (SIN).

A construção deverá contar com 12 (doze) canteiros de obras, e no pico da obra com aproximadamente 1.588 colaboradores, sendo 80% pessoal especializado, com previsão de início, segundo o EIA/RIMA, no ano d e 2018 e término provável em 2020/2021.

A Audiência Pública deverá contar com a presença e participação de cidadãos e representantes oficiais das cidades de Gilbués-PI, Monte Alegre do Piauí, Riacho Frio-PI, Parnaguá-PI, Júlio Borges-PI.

 

O IBAMA disponibilizou o número abaixo para maiores informações:

0800 729 2964

Lesatof
Lesatof disse:
26/08/2019 15h48

Amoxicillin Joint Pain [url=http://sildenaf100.com]viagra online[/url] Propecia Side Effects Treatment Amoxicillin Buy Canada

Comentários foram desativados.
Redes Sociais

Facebook Twitter Instagram Youtube Pinterest

Pesquisa de Opinião

Gostou do novo portal?

Sim
Não
Pode melhorar
spinner
Total de votos: 106

Acesso à Informação