Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Câmara realiza a Sessão mais longa de sua história

Câmara realiza a Sessão mais longa de sua história

por gil — publicado 21/12/2015 16h18, última modificação 05/10/2016 00h43
Alteração na Lei Orçamentária Anual é aprovada; e RPPS - Fundo Previdenciário, retirado de Pauta; Projeto de Lei nº 131/2015 - Reprovado por unanimidade.
Câmara realiza a Sessão mais longa de sua história

Plenáro

Câmara
 

No último dia 21/12/2015, às 10:00h, foi realizada uma Sessão Extraordinária, solicitada pelo Executivo Municipal, para apreciar e pôr em votação, os seguintes Projetos de Lei: Projeto de Lei nº 129/2015 - Que cria o Fundo Previdenciário no município de Gilbués; o Projeto de Lei nº 130/2015 - Que altera o percentual para abertura de créditos suplementares, de 10% para 50%; e o Projeto de Lei nº 131/2015 - Que revoga o parágrafo único do Art. 58, e altera o Art. 88 da Lei Municipal nº 77/2009.

 

Os Projetos foram encaminhados às Comissões Permanentes para emissão de Parecer favorável ou contrário à matéria analisada.
A Sessão teve início às 10h25min, com prévia realizada pelos advogados da APPM, Executivo, SINSERPIM, e Legislativo Municipal, com a participação de um sindicalista de outro município, convidado para dar mais esclarecimentos sobre o Regime Próprio de Previdência, após uma longa discussão e apresentação de mudanças, os trabalhos foram retomados pela Presidência da Casa.
O Presidente, Paulo Henrique Nogueira Mascarenhas - Manin, definiu a ordem da Pauta da seguinte forma: primeiro o Projeto de Lei nº 130/2015 - que altera o percentual de abertura de Créditos Suplementares na LOA, que alterou de 10% para 50%, sendo aprovado por seis (06) votos, contra três (03), tendo neste caso o Presidente votado, por ser matéria que exige a votação de 2/3 para aprovação; o segundo: O Projeto de Lei nº 129/2015 - que dispunha sobre o Fundo Previdenciário, que por conta da grande discussão gerada, e pela necessidade de mais esclarecimentos, foi retirado de Pauta mais uma vez, só que desta vez, por iniciativa do Presidente da Casa; e por fim o Projeto de Lei nº 131/2015 - que dispunha sobre a revogação e alteração no Plano de Cargos e Salários do Magistério Público Municipal, o qual tinha como objetivo retirar do contracheque dos docentes de Gilbués, o adicional de 20%, garantido pela regência, o qual foi reprovado por unanimidade dos Vereadores.

A Sessão teve seu rito final, às 13h42min, durando ao fim 03h17min de Sessão.

Redes Sociais

Facebook Twitter Instagram Youtube Pinterest

Pesquisa de Opinião

Gostou do novo portal?

Sim
Não
Pode melhorar
spinner
Total de votos: 108

Acesso à Informação